Gestão da fazenda leiteira: Como melhorar a lucratividade?

Transforme sua propriedade leiteira em um empreendimento eficiente.

3 min de leitura
Atualizado há 1 mês | Publicado em 22 . Aug, 2019

As propriedades leiteiras têm como objetivo produzir cada vez mais e melhor, desde os agricultores familiares até os grandes produtores de leite. Com o aumento da produção os cuidados com sanidade, nutrição e bem-estar dos animais ganham prioridade, porém ainda são poucos os produtores que conhecem o real custo por litro de leite produzido, por não utilizarem uma gestão realmente eficiente.

Com uma gestão eficiente a propriedade leiteira deixa de ser apenas uma atividade de subsistência familiar e passa a ser um empreendimento, usar tecnologias para se modernizar, transformar-se em uma empresa de verdade atenta ao mercado em que atua, descobrindo informações que podem ser utilizadas no dia-a-dia da propriedade leiteira visando maior lucratividade.

Além do controle econômico, é de extrema importância se obter os dados zootécnicos da propriedade, que permitem ao pecuarista observar os dados do rebanho em geral e de cada animal, como informações de parto, identificação dos animais, informações de cobertura ou inseminação, pesagem dos animais e controle leiteiro. Com um controle de dados é possível se obter indicadores produtivos, e assim tomá-los como base para tomada de decisões, tais como: seleções e descartes, investimentos e manejos específicos para animais em lotes diferentes, principalmente relacionados ao planejamento nutricional, reduzindo custos e evitando desperdícios.

Em um trabalho realizado pela Cooperideal no Sítio Erveira, situado no município de Nova Laranjeiras no interior do Paraná entre os anos de 2006 a 2013, em que se avaliou o gerenciamento econômico e zootécnico da propriedade. Os resultados obtidos foram satisfatórios no final do projeto. Também foi realizado uma simulação de como seria a produção e a perda de receita anual caso não houvesse sido aplicada a gestão, os dados estão descritos na tabela. As informações deste trabalho provam que a gestão se torna eficiente para melhorar a produtividade, gerando mais renda para as propriedades que adotam a gestão.

  Sem Gestão Com Gestão Sem Gestão
Ano 2006 2013 2013
Produção leite (litros/dia) 128 482 315
Área destinada produção de leite (ha) 17,8 10,4 Perda de R$ 53.000,00 por ano sem utilizar a gestão
Área destinada para cultivo de soja (ha) 0,0 4,0 -


Algumas dicas para realizar uma boa gestão nas propriedades rurais:

  • Anotar dados confiáveis para realizar uma avaliação eficaz;
  • Somente ao identificar corretamente os problemas é que as correções adequadas poderão ser aplicadas;
  • Utilizar uma metodologia de cálculo adequada para cada situação a fim de evitar interpretações erradas a respeito da situação da propriedade;
  • Avaliar se a redução de custos possui um bom custo/benefício, pois nem sempre redução de custo significa aumento de lucro;
  • Avaliar o balanço patrimonial com a evolução da propriedade;
  • Utilizar sistemas de gerenciamento aumentam a eficiência da gestão, pois reduzem o tempo realizando cálculos, fornecem informações precisa, com rapidez e diariamente atualizadas;

Mas para que a gestão em uma propriedade tenha êxito é necessário que haja esforço e comprometimento do pecuarista, sua família e funcionários, através de um processo educacional e de treinamento contínuo, que traz benefícios para todos os setores de produção.

Venha fazer um teste gratuito e comprovar todos os benefícios que um sistema como Leigado pode lhe oferecer.


Fontes:

GODINHO, R. F., CARVALHO, R. de C. R. Gestão de sistemas de produção de leite. Ciência et PRAXIS, v. 2, n. 3, 2009. Disponível neste link.
Gestão financeira da propriedade leiteira. IEPEC, 2017. Disponível neste link.
REZENDE, M. de. Gestão de propriedades leiteiras – O que os números tem a dizer? Milk Point: Produção, 2014. Disponível neste link.