Manejo de novilhas leiteiras

O manejo pós-desmame também deve ser realizado corretamente, veja algumas dicas sobre de criação de bezerras.

5 min de leitura
Atualizado há 1 mês | Publicado em 20 . Nov, 2020

Na produção leiteira, sabe-se que a fase neonatal (0 aos 28 dias) demanda de grande atenção por parte do produtor, pois é nessa fase que ocorre 75% dos óbitos no primeiro ano de vida da bezerra. Porém, para que o desenvolvimento desses animais ocorra de forma ideal, resultando em vacas de maior produção e principalmente mais precoces, o manejo pós-desmame também deve ser realizado corretamente, veja algumas dicas sobre de criação de bezerras:



Para evitar o estresse após o desmame, o animal já deve ser preparado para o consumo da dieta sólida e a quantidade de leite fornecida deve começar a diminuir quando o animal estiver com idade entre 45 e 60 dias de vida. O desmame completo ocorre quando o animal está com o dobro do peso em que nasceu, e quando já está consumindo 1 kg de ração por dia.


Concentrado, água e feno devem estar disponíveis a partir dos primeiros dias de vida para estimular o consumo, sendo que é importante utilizar a ração ideal para a categoria animal, pois a ração de bezerras tem menor teor de fibra em relação à ração de vacas. A qualidade da ração fornecida, está diretamente ligada com o desenvolvimento das papilas digestivas, responsáveis pela absorção de nutrientes, dessa forma, deve ser verificada a qualidade do concentrado fornecido a essa categoria. Confira algumas dicas de desmame:


O feno deve ser o único alimento volumoso fornecido até os 4 meses de vida, período onde ocorre o desenvolvimento do rúmen. O fornecimento de silagem não recomendado nesse período, pois além de apresentar muita umidade, não é digestível até os 4 meses de idad

Dos 4 aos 10 meses de vida, ocorre o desenvolvimento das glândulas mamárias, dessa forma, é importante impedir que o animal ganhe mais que 850 g de peso diário, para evitar o acúmulo de gordura no úbere. Essa gordura, quando em excesso, compromete a produção futura do animal, sendo que não há manejo capaz de reverter o excesso de gordura no úbere, pois depois que as células gordurosas são desenvolvidas elas só reduzem o tamanho, mas não são eliminadas e acabam ocupando espaço das células que produzem leite.

Para verificar se o desenvolvimento nesta fase está ocorrendo de forma correta, é importante conhecer a altura e o peso ideais para animais nesta fase, de acordo com a raça trabalhada. Se a altura estiver de acordo com a recomendação, mas o peso estiver abaixo do ideal, é sinal de que está faltando energia na dieta. E se o peso estiver de acordo com a recomendação, mas a altura estiver abaixo, é sinal de que falta proteína na dieta. Acompanhe a recomendação de peso e altura para a raça holandesa na tabela a baixo.

Tabela de pesos e alturas pela idade do animal

Qual é a importância da idade do primeiro parto na pecuária leiteira?

O ideal é que o primeiro parto ocorra aos 2 anos de idade, portanto o período de vida da novilha, entre 10 e 16 meses, deve ser focado em preparar a novilha para a inseminação. Nessa fase, a alimentação dos animais, deve ser composta de pastagem de boa qualidade, feno, concentrado, sal mineral a vontade, e em caso de novilhas magras, fornecer silagem. A inseminação deve ser realizada quando a novilha apresentar seu terceiro cio, pois isso garante que os as alvéolos do úbere já estejam bem formados, resultando em maior produção.

Entre 16 e 24 meses de idade, ocorre o período de gestação. O peso ao primeiro parto, deve ser de aproximadamente 80% do peso do animal adulto, ou seja, durante a primeira gestação, a novilha ainda está em desenvolvimento, redobrando a importância de um manejo alimentar correto, focando no fornecimento de uma dieta mais energética. O escore corporal no dia do parto deve ser entre 3,0 e 3,5, para garantir a saúde do animal durante o período de balanço energético negativo causado pela produção de leite para o bezerro.

Manter esse escore corporal até o momento do parto, é uma tarefa difícil, pois de 3 a 4 semanas antes do parto, o estresse causado aos animais é muito grande, fazendo com que reduzam o consumo, e consequentemente perdem peso. Pelo fato do bezerro demandar de grande espaço, o rúmen da então novilha é comprimido, reduzindo seu volume. Portanto, é fundamental fornecer uma dieta de qualidade, para garantir que mesmo com a diminuição do consumo, o animal esteja bem nutrido. O fornecimento de concentrado deve diminuir, e o de feno e gramíneas de alta digestibilidade aumentado. Além disso, deve ser fornecido o sal mineral pré-parto (sal aniônico), para garantir que após o parto, o animal não apresente hipocalcemia.

Como acompanhar o crescimento das minhas bezerras e novilhas?

A criação de uma boa vaca leiteira inicia na escolha do sêmen, e seguindo essas práticas de manejo, os resultados obtidos tendem a ser positivos, pois a criação de novilhas de maneira incorreta, causa danos irreversíveis durante toda a vida produtiva do animal.

Mas como saber se o animal está dentro do padrão de peso e altura? O Leigado tem uma funcionalidade que permite registrar o peso das bezerras. Além de realizar o registro de peso e altura o sistema faz uma comparação com com as informações registradas de cada animal e compara com os padrões americano, canadense e brasileiro de acordo com cada raça, assim fica fácil saber se o seu manejo está adequado e se a sua novilha vai ser vaca aos 24 meses.

Relatório de Evolução de peso animal da leigado

Veja como é prático acompanhar o desemprenho das futuras vacas. Gostou? então venha conhecer o Leigado e as vantagens de ter um sistema completo para gerenciar o seu negócio do leite, venha ser o melhor junto com a gente!