As bezerras apresentam o futuro da atividade leiteira, porém, sua criação nas propriedades representam um alto custo na atividade leiteira, pois precisam em médias dois anos para o primeiro parto. E neste período necessitam ótimas condições para que possam se desenvolver adequadamente e vir a produzir leite o mais rápido possível. Para que isso ocorra, alguns cuidados nesta fase são essenciais, pois determina como serão as vacas que irão compor o rebanho futuramente.

A diarreia é definida como, o aumento na frequência de defecação ou no volume das fezes. É uma enfermidade de caráter multifatorial, ocorrendo principalmente nas quatro primeiras semanas de vida das bezerras. Está associada a diversos fatores entre eles, ambientais, manejo, nutrição e patogênicos.

Enfermidade muito comum nos primeiros meses de vida das bezerras a diarreia é responsável por um elevado índice de mortalidade. Segundo dados da Embrapa, a diarreia é responsável por 34% de mortalidade de bezerras em todo o mundo com custos anuais por bezerra tratada em torno de US$ 33,50 por ano. Link embrapa Veja a materia no site da Embrapa.

SINTOMAS

-Aumento na frequência de defecção, sendo bastante líquido podendo haver presença de sangue;

-Pode ocorrer febre;

-Diminuição na ingestão de alimentos;

-Apatia;

-Desidratação, quadros mais severos.

Os patógenos podem ser de origem bacteriana, protozoária ou viral, veja em nossa matéria os principais agentes causadores da diarreia. Veja mais informações neste post.

CUIDADOS

Tendo em vista os principais agentes causadores da enfermidade é mais fácil saber os cuidados que devemos ter para se evitar: -Fornecer colostro de qualidade nas primeiras horas de vida, veja nosso vídeo sobre colostro.

-Higiene e conforto das instalações (local limpo e seco);

-Higiene dos utensílios utilizados para fornecimento de leite, água e alimentos;

-Manter as bezerras em baias separadas;

-Fornecer alimentos de boa qualidade e boa procedência;

Os cuidados desde o nascimento garantem uma vida saudável as bezerras, e como recompensa, vacas altamente produtivas, além de reduzir os custos de criação. Veja algumas dicas em nosso vídeo.

Por Jucemara Rösler, mestranda em zootecnia.

Cadastre-se gratuitamente www.leigado.com.br e confira seus benefícios.


WhatsApp (46) 9 9901-0238

Skype: leigado.dv