Fazendas Leiteiras: como fazê-las ter um desenvolvimento mais sustentável?

* Esta matéria foi originalmente publicado pela www.mesintoseguro.com.br

Nos últimos anos o termo “sustentabilidade” é citado em uma infinidade de situações e contextos, sendo tema de palestras, simpósios e até reuniões entre governantes de todo o mundo. É o assunto do momento!

A pecuária leiteira, com a sua importância mundial, não fica de fora das ações de discussões sustentáveis, sendo motivo de muitos estudos e conversas. Porém, ainda é relativamente comum alguns “profissionais” terem visões um pouco distorcidas sobre a sustentabilidade na produção de leite, colocando a pecuária leiteira como uma das grandes vilãs da sustentabilidade.

Realmente a pecuária é vista com outros olhos quando o assunto sustentabilidade é colocado em pauta. Por estes motivos, devemos criar formas sustentáveis para melhorar a imagem das fazendas leiteiras perante a sociedade, mostrando quais são as realizações que vêm sendo tomadas para tornar a atividade mais sustentável como um todo.

Mas afinal, o que significa desenvolvimento sustentável?

O termo desenvolvimento sustentável é bastante amplo possuindo várias vertentes. A comissão mundial do ambiente e desenvolvimento da ONU conceitua o desenvolvimento sustentável como “o desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das futuras gerações em atender às suas próprias necessidades”, ou seja, os recursos devem ser utilizados hoje, mas lembrando de que nossos filhos e netos vão precisar destes recursos amanhã.

Há alguns anos, o termo “desenvolvimento” era facilmente entendido somente como crescimento econômico. Tal crescimento dependia do consumo crescente de energia e recursos naturais finitos. Com o tempo, esse tipo de desenvolvimento vem se tornando insustentável, visto que acarreta no esgotamento dos recursos naturais imprescindíveis para a humanidade. Hoje, o desenvolvimento moderno é mais do que isso, devendo ser bem mais sustentável!

Como ter um desenvolvimento sustentável em fazendas leiteiras?

O desenvolvimento sustentável conhecido hoje, sugere qualidade em vez de quantidade, com a redução do uso de matérias-primas e produtos e o aumento da reutilização e da reciclagem. Mas como conseguir ser sustentável na pecuária de leite sendo que ela precisa aliar qualidade da atividade com quantidade (destinada à alimentar a população crescente) da produção e ao mesmo tempo seguir ações sustentáveis?

A resposta é bem ampla, mas a primeira atitude que todo fazendeiro leiteiro precisa ter é entender que a sustentabilidade na pecuária de leite não deve estar focada somente na sustentabilidade ambiental, mas também na sustentabilidade social e na sustentabilidade econômica.

Este é o famoso tripé da sustentabilidade, que deve estar presente em todas as atividades, inclusive a pecuária leiteira. Este tripé exige um crescimento que vise a preservação do meio ambiente, mas que seja socialmente inclusivo e, principalmente rentável.

Sustentabilidade para fazendas leiteiras: Equilíbrio social, ambiental e econômico

A pecuária leiteira é considerada uma atividade desafiadora, visto que exige dos produtores posturas mais sustentáveis. Qualquer empresa rural (ou fazenda) que vise ser sustentável precisa manter o equilíbrio entre cada um desses fatores, gerando progresso produtivo, cuidando do ambiente e gerando valor para a fazenda e seus colaboradores. As principais ações do tripé da sustentabilidade são:

1. Progresso social: Crescimento das pessoas em sociedade

Deve considerar as necessidades sociais de todas as pessoas que de alguma maneira estão envolvidas no negócio. Proprietário da fazenda, colaboradores e seus familiares, fornecedores e afins devem ter condições para crescerem como profissionais e como cidadãos (mantendo a qualidade de vida). Para isso, devem ser criadas ações sociais que deem condições para que haja um crescimento sustentável de todos os envolvidos (direta ou indiretamente) com a produção leiteira.

2. Progresso Ambiental: aliando produtividade com sustentabilidade

O progresso ambiental consiste basicamente em utilizar os recursos naturais oferecidos de maneira bastante criteriosa para produzir, tornando a atividade mais sustentável e melhorando a relação entre o desenvolvimento produtivo com o meio ambiente.

Muitos órgãos (nacionais e internacionais) consideram a pecuária brasileira como uma das vilãs do meio ambiente mundial, citando-a como uma das mais agressivas ao meio ambiente.

Dados de estudos recentes dizem que essa pressão internacional não é totalmente verdadeira, mas mesmo assim precisamos nos conscientizar e criar estratégias para minimizar o nível das emissões de gases ao ambiente. Para isso, devemos melhorar a qualidade das rações animais, além de investir em melhoramento genético, visando melhora na eficiência da conversão de kg de alimento para litro leite.

Para um desenvolvimento sustentável na produção de leite faz-se importante criar métodos para manejar os desejos, para que estes não venham a agredir o meio ambiente e até gerem mais renda, como é o caso da produção de biogás por meio de dejetos de vacas leiteiras.

3. Progresso econômico: O objetivo central da atividade também deve ser sustentável

A verdadeira sustentabilidade deve sim priorizar os cuidados com o ambiente, mas precisa ter seu alicerce no desenvolvimento econômico. É praticamente impossível uma fazenda se sustentar por muito tempo sem que haja lucro, mesmo que todas as ações que visem os cuidados com o ambiente sejam seguidas a risca.

Portanto, para que a fazenda leiteira seja realmente sustentável ela precisa também dar lucro. E essa lucratividade será conseguida através de processos eficientes.

O manejo alimentar, sanitário, reprodutivo e de dejetos, além da compra de insumos e a gestão de pessoas devem ponderar a eficiência econômica que o negócio pede. Nada adiantará investir muito dinheiro em ações sustentáveis se a atividade não conseguir ser financeiramente sustentável.

Vale a pena investir em fazendas leiteiras sustentáveis?

Você, como fazendeiro de leite, deve se perguntar: Meu lucro gira em torno dos centavos por livro, o investimento em ações sustentáveis poderá fazer com que eu perca esse pouco que ganho, será que vale a pena investir nisso?

Respondemos, vale sim!

Como visto até agora, o investimento em ações sustentáveis é ótimo para os 3 pilares (social, ambiental e econômico) e se bem conduzida, a sustentabilidade trará também o reconhecimento dos compradores do seu leite.

Dizemos isso, pois muitos laticínios já estão começando a considerar a compra de leite de fazendas leiteiras que estão se preocupando com meio ambiente e com a área social dos empreendimentos leiteiros. Aquela propriedade que oferecer produtos lácteos com esses cuidados, certamente terá o reconhecimento do mercado, que pagará mais e melhor.

Além disso, com vistas ao Seguro Rural, a sustentabilidade tenderá a ser um diferencial para àquelas propriedades que procurem contratar um seguro da propriedade ou das benfeitorias. Com a real tendência de redução dos riscos, os prêmios do seguro também tendem a cair, tornando-os mais vantajosos ao produtor rural.

 

Cadastre-se gratuitamente em nosso sistema para gestão de gado leiteiro: www.leigado.com.br e confira seus benefícios.

Telefone e WhatsApp (46) 99901 0238

Skype: leigado.dv

Facebook: facebook.com/sistemaleigado

Você pode controlar e reduzir custos

Com certeza todos devem saber o porquê da redução de custos, dentre eles estão:

  • Ter maior lucro
  • Aumentar margem líquida
  • Aumentar lucratividade e rentabilidade
  • Ser mais competitivo
  • Ser mais eficiente
  • E principalmente se manter no mercado

O primeiro passo é conhecer esses custos, para isso é imprescindível anotar todas as despesas, por mais pequenas que sejam, no final do mês podem representar um grande valor.

A partir do momento que são identificadas as despesas o gestor consegue visualizar os valores representativos e pode estudar alguma forma para reduzi-los.

Nesse sentido o sistema Leigado poderá auxiliá-los da seguinte forma:

Na tela de contas a pagar e receber você terá disponível todas as despesas e receitas separadas por mês, podendo ter uma visão ampla de seu fluxo de caixa.

Também tem disponível opção de você agendar as contas, onde o sistema avisa o dia que tem que pagar ou receber, também essa opção está disponível no aplicativo, onde você poderá lançar as contas direto do aplicativo e também poderá observar o dia do pagamento.


Depois das contas lançadas, temos disponível um relatório onde poderá visualizar todas as receitas e despesas, e a porcentagem que cada categoria representa no orçamento, sendo possível filtrar por datas, ou seja, poderá visualizar por ano, por mês, por semana, etc…

Você pode aumentar sua produtividade

Na pecuária leiteira temos 5 pilares essenciais para uma boa produtividade e lucratividade, são eles: genética, nutrição, sanidade, manejo e gestão e nós da Leigado estamos aqui para auxiliar vocês na gestão de suas propriedades que por consequência estará interligado com todos os outros pilares, pois com uma boa gestão você consegue melhorar o manejo, controlar a sanidade, a genética e a nutrição.

Muitos produtores podem não perceber quando algo errado está acontecendo na propriedade, pois sabemos que são muitas as tarefas diárias que são necessárias para uma empresa rural funcionar e aí os prejuízos podem vir a acontecer, nesse sentido que nosso software de gestão consegue auxiliar os produtores, quando as informações estão centralizadas em uma só ferramenta fica muito mais fácil observar o que está errado e o que está correto e assim tomar decisões para aumentar a produção da propriedade.

Abaixo temos o relato da pecuarista Bibiana Oliveira Silva de Vila Nova do Sul – RS:

“Venho aqui agradecer, a vocês por ter a oportunidade de conhecer o trabalho de vocês, que tem me ajudado muito agora que estou podendo ver o prejuízos que tinha e não estava me dando por conta principalmente na parte reprodutiva, e agradecer muito a atenção de vocês e saber que tem pessoas que se preocupam o produtor. OBRIGADO”

Faça como a Bibiana e centenas de outros produtores no Brasil, tome decisões com base em informações e consiga reduzir seus custos e aumentar sua produtividade.

Cadastre-se gratuitamente em nosso sistema para gestão de gado leiteiro: www.leigado.com.bre confira seus benefícios.

Telefone e WhatsApp (46) 99901 0238

Skype: leigado.dv

Facebook: facebook.com/sistemaleigado

Porque utilizar um programa na gestão da atividade leiteira?

Todos sabemos que estamos na era da informação, cada vez mais os computadores, tablets, celulares, entre outros dispositivos estão presentes em nosso dia a dia e querendo ou não praticamente 100% das empresas rurais e não rurais terão que aderir a uma tecnologia para poder se manter no mercado que está cada vez mais competitivo.

Porém um programa/software por si só não resolve totalmente o problema de gestão em uma propriedade, primeiramente o gestor terá que ter consciência que sua rotina irá mudar, que seus funcionários terão que ser treinados adequadamente e que terá que dedicar um tempo no seu dia para fazer os lançamentos de dados. Esse lançamento também poderá ser feito por um funcionário, por um filho(a) talvez fazendo com que isso incentive seus filhos a se manter na propriedade ou qualquer outro responsável pela administração. Com os dados inseridos no software o administrador terá informações valiosas para tomar decisões mais assertivas em sua propriedade e aí sim podemos dizer que o uso da tecnologia irá fazer a diferença para que a empresa rural siga em frente.

Há relatos de clientes que dizem que após a adoção do Leigado puderam realmente enxergar a propriedade como um todo, conseguiram ver se estavam tendo lucro ou prejuízo, tomar decisões de descarte de animais e até mesmo incentivar o filho a ajudá-lo no gerenciamento.   

Muitos produtores ainda sentem-se inseguros em trocar seus papéis por uma ferramenta de gestão, pois não sabem exatamente para onde vão seus dados, quem tem acesso e também tem medo de fazer alguma coisa de forma errada no sistema. Com o sistema Leigado – Inteligência para Pecuária os produtores e técnicos poderão ficar totalmente seguros quanto a isso, pois os dados são armazenados em nuvem, ninguém terá acesso sem a permissão do produtor e também projetamos o sistema para ser o mais fácil de ser utilizado, por qualquer pessoa, e ainda temos uma equipe qualificada e de fácil acesso totalmente a disposição para tirar quaisquer dúvidas a respeito do funcionamento do sistema.

Cadastre-se gratuitamente em nosso sistema para gestão de gado leiteiro: www.leigado.com.br e confira seus benefícios.

Telefone e WhatsApp (46) 99901 0238

Skype: leigado.dv

Facebook: facebook.com/sistemaleigado

Cresce a presença feminina no agronegócio

* Esta matéria foi originalmente publicado pela Uagro

A participação das mulheres no agronegócio está mais evidente. De 2013 a 2017, a presença feminina em cargos de decisão nas empresas do agro saltou de 10 para 31%. Os dados são da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA) e fazem parte da “Pesquisa Hábitos do Produtor Rural”, divulgada hoje (31).

Participação das mulheres em cargos de liderança no agro cresceu nos últimos quatro anos

“As novas gerações de produtores rurais e as mulheres têm tido papel cada vez mais importante no crescimento do agronegócio brasileiro, segmento que representa 23% do Produto Interno Bruto nacional”, destaca o comunicado divulgado pela entidade.

A pesquisa que ouviu quase 3 mil pessoas em 15 estados traça um perfil do produtor rural no País com dados interessantes: a média de idade dos agricultores brasileiros recuou em relação a 2013 e hoje é de 46,5 anos. Em relação à escolaridade, um pequeno percentual dos entrevistados possui ensino superior (21%). Desse total, 42% estão voltados para a área de agronomia.

Produção tecnológica

O levantamento da ABMRA mostrou que os produtores rurais estão cada vez mais preocupados em adotar ações tecnológicas no seu dia a dia. Por isso, eles buscam cada vez mais conhecimento para levar ao campo. E para eles se atualizaram, o evento de maior interesse para 54% dos entrevistados é o dia de campo, seguido pelas feiras agropecuárias (22%) e as palestras técnicas (16%).

Orgulho

E nós da Leigado – Inteligência para pecuária temos o maior orgulho de contar em nossa carteira de clientes diversas mulheres preocupadas em utilizar a tecnologia ao seu favor e fazer uma gestão mais facilitada em suas propriedades e propriedades que prestam assistência técnica.

Parabéns as mulheres do Agronegócio.

Cadastre-se gratuitamente em nosso sistema para gestão de gado leiteiro: www.leigado.com.br e confira seus benefícios.

Telefone e WhatsApp (46) 99901 0238

Skype: leigado.dv

Facebook: facebook.com/sistemaleigado